Eu Amo Papelão “invade” maternidade da Santa Casa

DSC_0079

 

Nesta sexta feira (12), o Hospital Santa Casa de
Misericórdia de Porto Alegre viveu um dia diferente. Às vésperas do Dia das Mães, a empresa
gaúcha Eu Amo Papelão presenteou as mulheres que vivenciam uma das mais
importantes jornadas de suas vidas com um presente muito significativo: a
“Caixa do Agora”.

Com a frase: Guarde aqui seu celular e curta o Agora, a caixinha
incentiva as pessoas a se desconectarem, largarem o celular para ficarem
mais conectados entre si e curtirem juntas o momento.

“Nesse mundo tão corrido e cada vez mais online, onde grande parte das
interações pessoais acontece através da tecnologia, é importante resgatar
os momentos em família e aproveitar com qualidade a companhia de quem a
gente ama. E nada melhor do que o nascimento de um filho para nos lembrar
de que devemos abrir mais espaço em nossas vidas para interagir com as
pessoas”, explica Simone Buksztejn Menda, sócia-diretora da Eu Amo Papelão.

A iniciativa distribuiu as “Caixas do Agora” para as novas mamães e
funcionárias de toda a maternidade.

Eu Amo Papelão é uma empresa gaúcha que nasceu em 2013, em Porto Alegre,
com uma proposta inovadora e irreverente: criar e produzir brinquedos e
móveis em papelão, uma matéria prima versátil, resistente, leve e
sustentável.

Mais do que desenvolver brinquedos, o objetivo é a geração de momentos
felizes através do papelão, o que se traduz em brincadeiras criativas que
aproximam pais e filhos.

Os produtos da empresa proporcionam interação familiar em todos os
momentos, desde a montagem do brinquedo, a personalização com tintas,
canetinhas e enfeites até a criação de histórias divertidas e
inesquecíveis. Nestas vivências, pais e filhos se tornam aviadores,
fotógrafos, astronautas, reis e cozinheiros e qualquer outro personagem que
a fantasia e o sonho permitirem.

 

Acessar matéria